Serviço de denúncias de violência de Estado na região metropolitana
do Rio de Janeiro através do whatsapp.





O Zap da Cidadania funciona dentro da Comissão de Direitos Humanos da Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro). Se você deseja fazer uma denúncia sobre violência de estado mantendo sua proteção e sigilo, entre em contato com o número (21) 99670-1400








O DefeZap surgiu em 2016 como um serviço de denúncias à violência de Estado via whatsapp, como um dos primeiros projetos incubados pelo NOSSAS. Através dele, civis poderiam denunciar de forma anônima e segura, via whatsapp, qualquer tipo de violência cometida por agentes do estado. Estas denúncias eram enviadas a uma Rede Colaborativa de Apuração e Documentação antes de serem encaminhadas aos órgãos responsáveis.

O projeto foi desenvolvido no contexto onde a violência de estado e as violações aos direitos humanos no Rio de Janeiro se tornavam ainda mais evidentes. Em junho de 2013 a violência de estado contra civis mostrou a sua grande potência e nos anos subsequentes, dos megaeventos, estas práticas se intensificaram, deixando a população negra e favelada ainda mais vulnerável.
Entre 2016 e 2019, o Defezap chegou a receber mais de 300 materiais em vídeo com denúncias concretas e encaminhar mais de 200 investigações, muitas delas com desfechos favoráveis para os moradores de favelas. Em 2019, o Defezap estava pronto para seguir em outra infraestrutura e sua tecnologia agora funciona na Comissão de Direitos Humanos da Alerj.

O trabalho em defesa dos moradores de favelas contra os abusos do estado continua! Agora o Defezap é o Zap da Cidadania e segue lutando por um Rio sem esculacho! Saiba mais.









O Defezap foi um dos projetos da incubadora do NOSSAS, foi testado, desenvolvido e aprimorado durante
três anos e agora pertence à Comissão de Direitos Humanos da Alerj.

Siga nossas redes para ficar por dentro de tudo que fazemos:







Criado por DefeZap usando o BONDE